Como funciona a modulação hormonal?

A modulação hormonal é um assunto que ainda divide opiniões e causa polêmicas. Muitas pessoas ainda não sabem de fato para que serve e se é um método seguro.

Se você quer saber mais a respeito, continue lendo esse artigo. Nele você falaremos sobre o que é a modulação hormonal e alguns benefícios que esse método pode lhe proporcionar. Boa leitura!

 

O que é modulação hormonal?

Trata-se de um método utilizado para regular os hormônios. É importante que eles estejam regulados para que possam trabalhar harmonicamente, colaborando para o equilíbrio do corpo e para o bom funcionamento das funções metabólicas.

Os hormônios são responsáveis por:

 

  • Regular o sono;
  • Ajudar o sistema reprodutor a trabalhar corretamente;
  • Metabolizar o que consumimos;
  • Preparar o corpo para lidar com situações de estresse;
  • Etc.

 

Por trás de desajustes nas taxas hormonais podem estar diversos transtornos e doenças como: estresse, dificuldade para ganhar ou perder peso, falta de apetite, calores, etc.

Através da modulação hormonal, é possível fazer também a reposição hormonal, mas se este não for o caso, ela pode ser receitada por diversos profissionais, como nutricionista, nutrólogo, psicólogo e personal trainer, por exemplo.

 

Como funciona a modulação hormonal?

A modulação hormonal é feita por meio da ingestão de hormônios idênticos aos produzidos naturalmente pelo corpo. Esse processo também conta com a reposição de aminoácidos, minerais, vitaminas e antioxidantes no organismo.

Para saber a dosagem de hormônio ideal, o profissional geralmente solicita exames a partir da saliva recolhida ou do sangue. O método salival é mais simples e pode apresentar resultados mais eficazes na contagem dos níveis de hormônio.

A ideia da modulação hormonal não é apenas ajustar, mas resgatar os padrões dos hormônios, para que se chegue o mais perto possível do padrão da sua juventude, por volta dos 18 aos 25 anos.

 

Benefícios da modulação hormonal:

Confira alguns dos principais benefícios:

 

  • Aumento da libido;
  • Ganho de massa muscular;
  • Fortalecimento do sistema imunológico;
  • Redução da oxidação das células;
  • Fortalecimento do sistema cardiovascular;
  • Facilita a perda de peso;
  • Prevenção às doenças causadas pelo envelhecimento;
  • Melhora do humor;
  • Garantia de maior energia e disposição;
  • Aumento da clareza mental;
  • Pele com aspecto mais saudável;
  • Redução da gordura corporal.

 

 A modulação é indicada para pessoas que estão sentindo prejuízos por causa do desequilíbrio hormonal, tanto em sua saúde quanto em outras áreas da sua vida. Para saber se você precisa passar por este tipo de tratamento, procure um médico especialista na área, como um endocrinologista.

Na consulta você descreverá os sintomas e este profissional poderá realizar um exame físico, bem como pedir exames complementares, para confirmar se você realmente necessita da modulação.

O ideal é buscar esse reequilíbrio hormonal através de uma mudança no estilo de vida, no entanto, se, mesmo com todas as transformações que fizer na rotina, você não tiver obtido resultados positivos, marque já uma consulta com o seu médico e peça para conhecer os benefícios da modulação hormonal.

O que acontece com o corpo da mulher após os 40 anos?

Antigamente a expectativa de vida era bem menor do que a atual, assim como os valores eram mais tradicionais e arcaicos. Tudo isso fazia com que as pessoas se achassem velhas aos 40 anos, especialmente as mulheres.

Felizmente, muita coisa mudou. Hoje em dia, alguns chegam a falar que a vida de verdade começa a partir dos 40 anos. Isso porque já existe uma maturidade pessoal e profissional, assim como mais liberdade e mais charme.

As mulheres acima dos 40 anos estão longe de serem velhas. Pelo contrário, devido à evolução da medicina, elas parecem cada dia mais jovens. Elas podem namorar, ir para festas e ter uma vida social tão agitada quanto qualquer menina de 20 e poucos.

Mesmo assim, é interessante discutir tudo o que acontece com o corpo da mulher após os 40 anos, pois, apesar de todas as coisas boas, o organismo sofre algumas mudanças importantes que precisam ser olhadas com cuidado.

 

Quais são as mudanças hormonais nas mulheres acima de 40 anos?

É depois dos 40 anos que as mulheres começam a mostrar alterações nos níveis de hormônios sexuais. Há um declínio hormonal que inicia o período conhecido por Perimenopausa, cuja principal causa é a redução do estrógeno.

Vale a pena falar que o estrógeno não é o único culpado por isso, como muitos pensam. Na verdade, é a redução de diversos hormônios que trabalham em harmonia. Quando um cai, os outros sofrem também. Entenda melhor como isso funciona.

Os hormônios sexuais são originados do colesterol, que quando passa pela metabolização forma a pregnenolona. A pregnenolona, por sua vez, dá origem ao estrógeno, progesterona e testosterona, além de outros. Esses hormônios são mais produzidos nos ovários das mulheres e nos testículos dos homens.
O estrógeno é o mais abundante no corpo feminino e tem um papel de protagonista nas características femininas, na gravidez e na formação óssea. Além disso, ele também é um dos protetores do sistema cardiovascular feminino.

As quedas do estrógeno são marcadas pela diminuição do fluxo menstrual e pela alta irregularidade do ciclo. Além disso, pode ocorrer o ressecamento vaginal, o aparecimento de linhas no rosto, a insônia e a taquicardia.

A queda da progesterona (hormônio ligado à ovulação e concepção) e da testosterona (ligado à sexualidade) também colaboram para outros problemas relacionados à Perimenopausa e que consequentemente levam à Menopausa em si.

 

No geral, os sintomas da Perimenopausa incluem:

  • Fogachos (calores internos repentinos) e suores noturnos.
  • Baixa libido.
  • Distúrbios urinários.
  • Pressão alta.
  • Irritabilidade.
  • Tontura e dor de cabeça.

 

Pode parecer assustador, mas com a ajuda de um médico especializado as mulheres conseguem lidar muito bem com isso. Existem alguns tratamentos envolvendo medicações e até reposição hormonal, o que ajuda você a continuar vivendo plena e feliz.