, ,

Como uma boa alimentação pode afetar nosso humor no dia a dia?

Muita gente acha que o humor só pode ser afetado por fatores sociais e mentais, mas isso é um erro muito comum. A verdade é que a alimentação tem um grande papel com relação ao nosso humor no dia a dia.

Duvida? Então, continue lendo para entender como a alimentação pode influenciar no humor e quais são os alimentos que mais o beneficiam. Confira!

 

Como a boa alimentação pode influenciar o nosso humor diário?

O cérebro é responsável por produzir neurotransmissores que servem para comunicar ações às outras partes do organismo para que elas funcionem bem. Dois neurotransmissores em especial são fundamentais para o humor: a dopamina e a serotonina.

É aí que a alimentação entra. Esses dois neurotransmissores podem ser afetados pelos alimentos ingeridos, pois alguns são capazes de impulsionar a produção do triptofano, substância usada pelo cérebro para produzir a serotonina.

Além disso, os alimentos também podem estimular a formação da fenilalanina, que é essencial para que o cérebro consiga liberar a dopamina.

Tanto a serotonina quanto a dopamina são elementares para a sensação de bem-estar, prazer e leveza.

Um ponto curioso, que prova como o bom funcionamento intestinal ajuda no humor, é o significado da expressão “enfezado” (usada para designar aquela pessoa mal-humorada ou chateada) que quer dizer “cheio de fezes”, acredita?!

Isso porque quando o intestino não funciona muito bem, nós podemos ficar muito tempo sem ir ao banheiro, o que nos deixa inchados e consequentemente irritados, nervosos e ansiosos. Curioso, não é?

 

Quais são os alimentos que podem afetar o nosso humor?

Conheça a seguir os principais alimentos que são capazes de afetar o nosso humor positivamente:

  • Laticínios

Os leites, queijos, iogurtes, entre outros laticínios, são amigos do bom-humor, pois são ricos com proteínas de origem animal, que contém boas quantidades de triptofano, aquela substância que ajuda na produção de serotonina.

  • Folhas verdes

As folhas verdes (alface, rúcula, agrião, espinafre e couve) são cheias de ácido fólico e fenilalanina, que são fundamentais para a formação do neurotransmissor dopamina.

  • Carnes magras e ovos

Os frangos e os peixes, em especial, possuem valores altos de fenilalanina e triptofano em sua composição. Além disso, vale mencionar que os ovos possuem propriedades parecidas e ainda são ricos em niacina e tiamina, substâncias boas para o humor e para a memória.

  • Carboidratos

Os alimentos como arroz, pães e outras massas são ricos em carboidratos, que são essenciais na atuação do triptofano como estimulador da produção de serotonina. Pode-se dizer, que ele facilita o transporte da substância.

  • Fibras

Os alimentos ricos em fibras (linhaça, aveia, frutas, sementes, chia, granola etc.) proporcionam o bom funcionamento do intestino e impulsionam o desenvolvimento de bactérias essenciais ao sistema digestivo.

  • Soja

Além de ser uma boa fonte de fenilalanina e triptofano, a soja também é rica em vitamina E, acetilcolina e fitoesteróis. Essas substâncias levam muitas vantagens ao cérebro e ao sistema nervoso no geral.

 

Lembre-se de que você pode sempre procurar um nutricionista para que ele lhe passe um cardápio inteiro baseado em uma boa alimentação para o seu humor ou para qualquer outro objetivo que você tenha.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *