, ,

Qual a diferença entre o nutrólogo e o nutricionista?

A conscientização dos efeitos que a alimentação e os nutrientes causam na saúde do organismo vem crescendo a cada ano. A reeducação alimentar é importante para todas as pessoas que buscam aprimorar o bem-estar durante sua vida, onde os principais profissionais que oferecem tratamentos com esse foco são o nutricionista e o nutrólogo.

O trabalho no nutricionista e do nutrólogo é ensinar aos pacientes como se alimentar corretamente, verificando as deficiências e excessos nutricionais no seu metabolismo para indicar a forma correta de ingerir macro e micronutrientes.

Então qual é a diferença entre esses dois profissionais?

A primeira diferença está na formação, onde o nutricionista é graduado em nutrição e o nutrólogo é graduado em medicina e posteriormente faz uma especialização em nutrologia médica.

Outra diferença é que como o nutrólogo é medico, ele além de analisar o efeito dos nutrientes no metabolismo do paciente, identificando qual desequilíbrio existe, ele também pode receitar medicamentos para o tratamento. O nutricionista não pode receitar remédios, mas pode montar cardápios corretos para cada necessidade do metabolismo.

Atuação do médico nutrólogo.

Além do conhecimento da nutrição, os nutrólogos por possuírem formação médica, conseguem relacionar os problemas diagnosticados com outras áreas da medicina, como oncologia, cardiologia e etc, possibilitando o tratamento de doenças nutricionais,  como obesidade, anemia, tireopatias, pausas hormonais, hipertensão arterial e o diabetes mellitus.

Outra importante função, é identificar possíveis desequilíbrios alimentares e hábitos de vida que estejam prejudicando o quadro nutricional do paciente, para prevenção de doenças. Também é muito importante enfatizar a necessidade de um acompanhamento sistemático do estado nutricional através de uma avaliação periódica, ou check-up nutrológico, para uma boa manutenção da saúde do organismo e prevenção de doenças nutricionais mais graves.

, , ,

Endocrinologia, Nutrologia e Psicologia no combate da Obesidade

Qual a importância do psicólogo para o tratamento da Obesidade?

Uma das causas da obesidade pode ser problemas psicológicos. E é nesses casos que a ajuda de um profissional da área se torna essencial.

Afinal, o que leva uma pessoa a se alimentar de forma desregrada é uma série de emoções que podem significar amor, afeto, carinho, medo, tristeza, celebração, entre outras.

O tratamento com o psicólogo irá ajudar o paciente a entender e trabalhar melhor as suas emoções. Por exemplo, um paciente que está ansioso com alguma situação pode acabar comendo de forma descontrolada para suprir essa ansiedade.

Contudo, o consumo de alimentos com muitas calorias acabam se tornando vícios, aonde o paciente não irá ingerir alimentos para saciar a sua fome, mas apenas para tentar aliviar as suas emoções. E muitas das vezes, ocorre o sedentarismo, ou seja, o paciente não consegue queimar as calorias adquiridas.

O psicólogo irá identificar quais são os estímulos, que não sejam a fome, que fazem com que o paciente coma indevidamente. As causas podem ser de ansiedade, mas também de depressão, estresse, problemas afetivos, entre outros.

Em situações onde é necessário realizar procedimentos cirúrgicos, a perda de peso ocorrerá de forma rápida, o paciente encontrará no psicólogo todo o suporte e esclarecimento para se reeducar e controlar as emoções.

 

Como funciona o trabalho de um endocrinologista no tratamento da Obesidade?

Por ser uma doença multifatorial, a obesidade precisa de uma abordagem multidisciplinar, ou seja, que investigue de fato a existência do problema para que ele possa ser tratado de forma adequada.

O endocrinologista irá avaliar se a obesidade do paciente é relacionada a distúrbios hormonais, através do estudo do conjunto de glândulas incumbidas da produção de hormônios e dos processos metabólicos.

Mesmo não sendo identificados distúrbios hormonais, o paciente obeso precisará manter uma dieta regrada, atendendo algumas necessidades específicas para melhorar o seu quadro clínico.

 

Acompanhamento da nutrição por um nutrólogo

Os nutrólogos por terem grande conhecimento sobre nutrição, conseguem identificar possíveis desequilíbrios alimentares e hábitos de vida que estejam prejudicando o quadro nutricional do paciente, para prevenção de doenças e combate a obesidade. Também é muito importante enfatizar a necessidade de um acompanhamento sistemático do estado nutricional através de uma avaliação periódica, ou check-up nutrológico, para uma boa manutenção da saúde do organismo e prevenção de doenças nutricionais mais graves.

Muitas pessoas fazem dietas mirabolantes, mas as dietas genéricas não servem de nada. O nutrólogo é que irá fazer uma avaliação personalizada.